Cserkeszet 2.jpg

Grupo de Escoteiros Szondi Györgyi

No grupo de escoteiros educamos as crianças e jovens para uma vida saudável e ajudamos a manter sua identidade cultural.

O escotismo húngaro tem um longo passado no Brasil, desde a formação do primeiro grupo, em 1949.

Nosso grupo é membro da Associação dos Escoteiros Húngaros no Exterior (KMCSSZ), que conta com 70 grupos distribuídos em 12 países, em 4 continentes.

Através dos acampamentos e excursões desenvolvemos as habilidades, a destreza e a segurança dos jovens e, sendo estas atividades em húngaro, fortalecemos o conhecimento da língua e da cultura húngara.

Nos acampamentos conjuntos com outros grupos húngaros, sejam na América do Sul ou do Norte, na Europa ou na Austrália, os jovens estabelecem redes de amizade internacional.

Através do escotismo húngaro os jovens têm a oportunidade de obter bolsas de estudo e frequentar cursos na Hungria.

Nossa meta é educar cidadãos responsáveis de seu país, mas conscientes de sua origem húngara e conhecedores de suas bases culturais.

ChamadaSite.png

Acampamento da Diáspora Húngara

Vamos aprender húngaro!  Após os sucessos dos três anos anteriores, o projeto do Acampamento da Diáspora foi lançado novamente este ano pela Associação Escoteira Húngara no Exterior (KMCSSZ).

 

Nosso objetivo é criar um ambiente húngaro onde crianças de origem húngara possam desenvolver suas habilidades no idioma húngaro em segurança física e mental (NÃO É PRECISO FALAR HÚNGARO).

 

Durante o acampamento escolar, além das 5 horas letivas por dia, as crianças têm a oportunidade de aprender jogos folclóricos, artesanato, bem como aprendizagem de danças folclóricas e outras atividades no período da tarde. Durante o acampamento, eles também têm a oportunidade de nadar e fazer caminhadas. As aulas são frequentadas por faixa etária, para que todos possam aprender o currículo adequado à idade.

 

Para acessar o site e obter mais informações clique aqui. Para os Pais e responsáveis interessados, pedimos que cliquem no botão abaixo e cadastrem as crianças.

  • Facebook
  • Instagram